Pelas arquitecturas de Arcos de Valdevez

Soajo, Arcos de Valdevez, Fotogaleria de Nelson Garrido

Primeiro que tudo, é a paisagem: as cores e os perfumes das urzes e das maias, mas também dos prados que irrompem no vale do rio Vez, ou nos interstícios da paisagem desértica, selvagem, do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Pelo meio delas, o homem a assinalar a sua presença, seja em construções dispersas, seja em aglomerados populacionais. Sempre com o tradicional espigueiro a pontuar o horizonte.  

Fotogaleria de Nelson Garrido

Fonte e fotogaleria: http://fugas.publico.pt/Fotogaleria/321082_pelas-arquitecturas-de-arcos-de-valdevez#22